Nissei entrega 1,2 mil cestas básicas à Defesa Civil para distribuição em várias regiões do Estado

A arrecadação é resultado de campanha da rede de farmácias, que destinou R$ 15 de cada teste rápido de Covid-19 realizado em maio

Defesa Civil – Niessei – Curitiba, 30/06/2021 – Foto: Divulgação Defesa Civil

Os recursos somaram R$ 396 mil que serão convertidos em 5.669 cestas básicas – o equivalente a cerca de 100 toneladas de alimentos.

A rede de farmácias Nissei entregou nesta terça-feira (29) à Coordenadoria Estadual da Defesa Civil 1.200 cestas básicas que serão distribuídas a municípios e entidades que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade na região de Curitiba e no Interior. A arrecadação é resultado da campanha “Teste Nissei. Negativo para a Fome”, que destinou R$ 15 de cada teste rápido de Covid-19 realizado durante o mês de maio.

Os recursos somaram R$ 396 mil, que serão convertidos em 5.669 cestas básicas – o equivalente a cerca de 100 toneladas de alimentos.

A Defesa Civil deve começar a distribuição no início da próxima semana. “Agradecemos imensamente essa doação da Nissei, que vai nos auxiliar a continuar atendendo e atuando na luta não apenas contra a Covid, mas contra a fome”, ressaltou o major Gerson Cândido Rocha Filho, chefe da Divisão Administrativa e Financeira da Defesa Civil.

“A Defesa Civil Estadual tem atuado em parceria com Superintendência de Ação Solidária como captadora de doações, com o intuito de atender as populações mais afetadas pela pandemia”, acrescentou.

A doação das cestas básicas acontece em um momento simbólico, no mês que marca os 35 anos de fundação da rede. “Percebemos que as organizações sociais estão sofrendo com a falta de doações, então resolvemos criar essa oportunidade de ajudá-las na missão de levar comida às mesas que mais precisam”, destacou Alexandre Maeoka, diretor-executivo da rede de farmácias. “Esse é um momento importante para a companhia e de gratidão à sociedade”.

Os mantimentos estão sendo destinados a instituições em cada uma das cidades nas quais os exames foram realizados. No total, 23 instituições que vão receber os donativos, entre elas a Central Única das Favelas (Cufa/PR) e o Rango de Rua, localizadas em Curitiba; o Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar), de Cascavel; Sopão Anjos da Madrugada, de Foz do Iguaçu; o projeto Didica, de Londrina; a Rede Solidária, de Matinhos; a Casa da Acolhida, de Ponta Grossa; a Pastoral da Solidariedade, de Umuarama; a instituição Amor e Atitude, de Guarapuava; o albergue Santa Luzia Marilac, de Maringá; entre outros.

Fonte: Agência Estadual de Notícias.