Solidariedade une chefs e amigos para alimentar moradores de rua no Ceará

O sentimento mútuo de ajudar pessoas em situação de rua uniu três chefs de cozinha e seus amigos

O grupo percebeu a ação severa da pandemia da covid-19 sobre essa população vulnerável e decidiu se movimentar. Passou a produzir e distribuir 1.500 quentinhas todas as quartas-feiras pelas ruas de Fortaleza.

O Macarrão Amigo teve início no dia 13 de maio do ano passado, logo no início da quarentena.

Clique aqui para ler a matéria completa

Fonte: UOL Ecoa.