Domingo de Ramos: Coleta Nacional da Solidariedade

Do arrecadado, 60% fica na Diocese e 40% compõem o Fundo Nacional de Solidariedade.

cnbb

Como gesto concreto da Campanha da Fraternidade, a Coleta Nacional da Solidariedade é realizada em âmbito nacional, todos os anos, no Domingo de Ramos. Em 2022, será neste domingo 10 de abril, de forma mais intensificada. Os recursos arrecadados integram os fundos diocesanos e nacional de solidariedade que têm contribuído para a promoção da dignidade humana, o compromisso com os pobres e a vida plena.

Do total arrecadado na Coleta para Solidariedade, 60% fica na própria Diocese e é gerido pelo Fundo Diocesano de Solidariedade com objetivo de apoiar iniciativas e projetos locais. Os outros 40% compõem o Fundo Nacional de Solidariedade, que é administrado pelo Departamento Social da CNBB.

Bispos, padres, religiosos (as), lideranças leigas, agentes de pastoral e movimentos eclesiais são os principais motivadores e animadores da Campanha da Fraternidade em suas comunidades paroquiais e diocesanas, recomenda a CNBB.

A Igreja espera que todos participem oferecendo sua solidariedade em favor das pessoas, grupos e comunidades, pois ao longo de uma história de solidariedade e compromisso com as incontáveis vítimas das inúmeras formas de destruição da vida, a Igreja se reconhece servidora do Deus da vida.

Conforme Dom Edgar Ertl, “A Igreja Diocesana de Palmas Francisco Beltrão, ao longo de sua história, tem sido solidária e generosa nesta proposta eclesial. Não obstante, as crises econômicas, incentivamos, pois, nossos fiéis, à prática desta caridade evangélica evangelizadora”.
Fonte: RBJ