No dia do Doador Voluntário, campanha reforça importância da doação de sangue

Celebrada nesta quinta-feira, data impulsiona Campanha Sangue Fraterno, incentivando voluntários de cinco estados na doação de sangue

O Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, celebrado nesta quinta-feira (25), dá mais um impulso à Campanha Sangue Fraterno, que incentiva voluntários de cinco estados a doarem sangue e a realizarem o cadastro de medula óssea. A mobilização, que vai até o fim deste mês, acontece no Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Goiás e Distrito Federal.

Na reta final e por ocasião da data comemorativa, colaboradores das instituições parceiras e participantes da campanha estão sendo motivados a realizarem doações com a realização do agendamento prévio.

O Superior Provincial da Província Marista Brasil Centro-Sul (PMBCS), instituição organizadora da campanha, Ir. Benê Oliveira, lembra que reservar 40 minutos de solidariedade pode ajudar a salvar até 4 vidas.

Conforme ele destaca, as doações diminuíram drasticamente durante o período de isolamento social e, mesmo com avanço da vacinação, os estoques de bolsas ainda estão com níveis baixos. “Para nós, doar sangue é um ato voluntário e heroico, um grande ato de amor e de solidariedade. Quem doa sangue, doa uma nova oportunidade de vida”, ressalta.

Como participar da Campanha Sangue Fraterno

Além dos colaboradores da PMBCS, Grupo Marista, FTD Educação e Unimed Estado do Paraná, que estão sendo convidados a participar da mobilização no dia 25 de novembro, outras pessoas que queiram doar sangue nessa data devem entrar em contato com o banco de sangue mais próximo para obter informações detalhadas e agendar a doação. Doadores paranaenses podem informar o código 1059 para identificarem que foram motivados pela Campanha.

Homens podem doar sangue a cada 60 dias. Em um período de 12 meses, até 4 doações podem ser feitas. Para as mulheres é necessário aguardar em um intervalo de 90 dias. Até 3 doações podem ser realizadas durante um ano.

Fonte: Massa News.