Protagonismo jovem na representação social e construção da sociedade

Para buscar formas de construir uma sociedade mais justa, as juventudes podem buscar a representação social e o encontro com grupos de interesse

A demanda mais urgente para as juventudes é terem suas vozes ativas a fim de reagir às exclusões e poderem criar aquilo que é necessário para uma sociedade mais justa e que ainda não existe. Para trilhar esse caminho em busca da representação social, é fundamental lembrar que o protagonismo pode começar pela atuação na própria comunidade, nos limites de onde reside, a partir da troca com as pessoas, principalmente, com outros jovens que tenham um interesse comum.

Como destacou o conselheiro do Conselho Nacional da Juventude (Conjuve), Matheus Vinícius Souza Domingos, durante a edição ‘Quero agir! Melhor em grupo’, do programa De Propósito: “o querer é a principal vontade do jovem”. Assim, para agir é preciso usar a vontade como força motivadora e levar em conta algumas estratégias como:

  • Definir um propósito para lutar;
  • Dialogar, conviver e trocar com as pessoas;
  • Conviver e falar para o(a) jovem;
  • Atuar em equipe;
  • Usar uma linguagem acessível aos jovens.

Inspiração

Exemplo de quem alcançou o protagonismo na representação social, Vitória Busato, foi representante Marista na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), participando da Comissão Pastoral da Juventude e se posicionou nacionalmente em relação às expressões juvenis que fazem parte das congregações religiosas do Brasil. O convite para as juventudes é pelo diálogo e mobilização e atuação como jovem proativo. Para saber sobre como exercitar sua cidadania, clique aqui e confira o curso online e gratuito disponível na plataforma do Farol 1817.

Clique aqui e acesse o episódio do programa De Propósito na íntegra

Sobre o Programa De Propósito

Desde 2021, a Província Marista Brasil Centro-Sul e a TV Evangelizar promovem em parceria o programa De Propósito, que faz parte da programação da televisão. O objetivo é apresentar histórias de pessoas que ajudam a tornar o mundo melhor. Cada uma de sua maneira.

As reflexões apresentadas envolvem temáticas como: propósito de vida, solidariedade, educação, sustentabilidade e cultura de paz. Entre outros temas de interesse dos jovens e suas famílias.